46 Anos de Muita História

Na quarta-feira, 26 de junho/2013 o Secretário de Desporto e Lazer de Viçosa do Ceará; Amauri Carneiro, completou mais uma primavera cheio de muita felicidade. 
Ex-Atleta profissional de futebol, o filho de Seu Erasmo Carneiro e Dona Almerinda Rodrigues nasceu em Viçosa do Ceará mais precisamente na localidade de Jaguaribe dos Carneiros, cerca de 6 km da sede municipal, mas o destino reservou para Amauri Carneiro um futuro promissor fora de sua cidade natal; aos 18 anos foi convocado para servir às Forças Armadas (aeronáutica) onde reforçou sua personalidade forte e independente. Anos depois, o jovem resolve apostar em sua paixão de infância e adolescência; o futebol. Fazendo o que gosta, Amauri chega ao auge da carreira como atleta de alto rendimento no Clube Fortalezense "America Football Club".
A saudade da pacata cidade interiorana aumenta com o passar dos anos...até que em um determinado momento de sua vida,
Amauri resolve voltar as origens levando na bagagem um currículo repleto de experiências e méritos alcançados na capital. Em 2009 o viçosense é convidado pelo o grupo político que administra Viçosa do Ceará desde 1997 liderado pelo ex-prefeito Evaldo Soares para assumir a pasta da recém criada Secretaria de Desporto e Lazer.
Hoje com 46 anos, casado, pai de três filhos; Amanda Carneiro, Iara Carneiro e Erasmo Carneiro Neto, Amauri continua sua caminhada com o mesmo carisma, simpatia e humildade que são a marca da "Família Carneiro".
NÓS QUE FAZEMOS A SECRETARIA DE DESPORTO E LAZER JUNTAMENTE COM SEUS AMIGOS, DESEJAMOS A ESSA PESSOA QUE TRANSFORMOU O ESPORTE DE NOSSO MUNICÍPIO, UM FELIZ ANIVERSARIO, E QUE DEUS LHE DE SAUDÊ E FORÇA PARA QUE VOCÊ POSSA CONTINUAR FAZENDO OQUE SEMPRE FEZ, AJUDANDO A QUEM PRECISA E PROCURANDO MELHORAR PARA NOSSA TERRA NÃO SÓ NO ESPORTE MAIS NO QUE FOR PRECISO. 
A Secretaria Municipal de Esporte e Lazer tem como missão promover: ações voltadas para a formulação, coordenação e implementação de diretrizes e ações governamentais para o Esporte e o Lazer no município de Viçosa do Ceará. Promovendo, debates e eventos para conscientizar a sociedade sobre a realidade e importância do Esporte e do Lazer na formação do indivíduo, garantindo a inclusão social da comunidade e o intercâmbio e parcerias com as instituições públicas e privadas. 
Com o objetivo de possibilitar que o esporte seja o ponto de partida para a ascensão social, através da descoberta e aproveitamento de talentos. Democratizar a prática esportiva e de lazer como direito de todos, gerando assim mais saúde, equilíbrio psicológico, físico e motor para que as crianças e adolescentes ingressem positivamente na sociedade. A prática de atividades físicas e esportes é fundamental para uma vida saudável. Muitas das crianças e jovens estão expostas a riscos sociais e a ociosidade. Por este motivo, a prática do esporte deve ser incentivada por todos, como meio de complementar a educação.
Ciente da importância do segmento como ferramenta de formação da cidadania e de inclusão social, o Prefeito determinou a realização de providencias que pudessem embasar a instituição de uma política municipal adotando como premissas básicas a participação, transparência, ética, otimização dos recursos e a gestão por resultados. Direcionamos o nosso foco para o esporte educativo com o propósito de formarmos o cidadão atleta.Não esquecendo o esporte de rendimento onde gera sonhos e renda para o município de Viçosa do Ceará". 
A satisfação da população é o que renova as forças da Secretaria de Desporto e Lazer de nossa cidade, para continuar realizando as metas de transformar Viçosa do Ceará com respeito, dedicação e muita dignidade. Nossos irmãos viçosenses merecem sempre o melhor. Temos muito ainda por fazer e faremos juntos. Seguiremos em frente, transformando obstáculos em estímulo, críticas em aprendizado, esperança em combustível para o trabalho. O poder público tem o dever de atuar em diversas frentes, objetivando cumprir seu papel de facilitador na vida do cidadão. 
A Secretaria Municipal de Esportes e Lazer tem por finalidade oportunizar acesso da população de Gravataí ao lazer, a atividade física e à prática de todas as modalidades esportivas, sem restrições de condições físicas, ou níveis de habilidades motoras, respeitando as diferenças e colaborando, desta forma, com a promoção da qualidade de vida. Possui também compromisso detectar e auxiliar no aperfeiçoamento de talentos esportivos municipais de rendimento e de realizar projetos voltados para alunos, especialmente, ao turno inverso da escola. 
No leque de medidas para contemplar nosso município com boas realizações, impulsionando seu Progresso e colaborando com o desenvolvimento de todos os setores, este espaço foi criado exclusivamente para propiciar, agilidade e comodidade na interação entre cada munícipe e a administração, dando total visibilidade às ações da administração e prestando contas permanentemente do nosso trabalho. Esperamos contar com o envolvimento de todos, para que Viçosa do Ceará dê passos longos e firmes, rumo ao crescimento. O sucesso de nossa cidade é resultado de ações concretas, dos homens públicos de bem, somado ao trabalho dos homens e mulheres que adotaram esta terra como local para criar suas famílias e ganhar seu sustento. 
O Esporte colocado como instrumento de transformação social pode fazer a diferença num mundo cada vez mais violento e que deixam nossos jovens sem oportunidades de um futuro melhor. Não é apenas a pratica esportiva que faz do Crescer e Edificar um caminho de oportunidades para as crianças e adolescente, mais sim as lições de respeito , camaradagem, obediência as regras passadas pelos monitores atuam de maneira marcante no desenvolvimento do caráter dos alunos. A prática esportiva como instrumento educacional visa o desenvolvimento integral das crianças, jovens e adolescentes,
capacita o sujeito a lidar com suas necessidades, desejos e expectativas, bem como, com as necessidades, expectativas e desejos dos outros, de forma que o mesmo possa desenvolver as competências técnicas, sociais e comunicativas, essenciais para o seu processo de desenvolvimento individual e social. 
O esporte, como instrumento pedagógico, precisa se integrar às finalidades gerais da educação, de desenvolvimento
das individualidades, de formação para a cidadania e de orientação para a prática social. O esporte é saúde. Faz viver melhor e viver mais. Além de tornar as pessoas mais produtivas e bem dispostas, previne e combate doenças do corpo e da mente. Cultiva valores como a solidariedade, a determinação e a auto-confiança. Leva as pessoas a se organizarem em equipe, socializando-as e gerando laços de amizade para a vida toda. Não podemos deixar de falar também do seu caráter de força cultural e política. 
Fonte de orgulho para uma pequena comunidade, uma cidade grande ou um país inteiro, o esporte fortalece os grupos sociais. Faz um povo se integrar, se superar e acreditar na sua grandeza. O esporte é capaz de gerar oportunidades e preparar o cidadão para o futuro. A atividade esportiva é, também, essencial para o desenvolvimento infantil: ensina valores como cooperação e respeito; contribui para a interação além do círculo familiar e para a inclusão social; previne doenças e, acima de tudo, coloca indivíduos e comunidades lado-a-lado, diminuindo as diferenças étnicas e culturais. Por isso, ele pode construir uma cultura de paz e tolerância. 
O esporte também tem um papel fundamental nas pequenas e grandes comunidades. Sua capacidade de ação pode gerar empregos e atividades econômicas em todos os níveis, além do próprio poder de agregação que abrange recreações, jogos e competições, ligas organizadas, treinamento e apoio em eventos esportivos globais. Um Governo Comprometido com o desenvolvimento é aquele que tem a a sensibilidade e a responsabilidade de governar para todos, principalmente para os que mais precisam. 
Todos sabemos que os esportes, em geral, são um bom meio para se obter uma condição física saudável. Também temos conhecimento de seu valor enquanto atividade de lazer - seja praticando-o ou apenas assistindo a sua prática - ou ainda, e o mais importante, enquanto um valioso elemento educativo que serve para o reforço de valores morais adequados e hábitos que valorizam a qualidade de vida.
Indiscutivelmente, a importância dos esportes é elevada na sociedade atual. 
Contudo, mesmo sabendo-se dos valores relacionados ao esporte, existe uma grande polêmica em torno da forma como se deve ensiná-lo. O princípio básico dos esportes é a inclusão, ou seja, o de que todos os alunos devem participar da aula durante toda a sua duração. Assim, na verdade, não se deve trabalhar o esporte propriamente dito, porque alguns alunos necessariamente teriam de ficar de fora das atividades e,
mesmo que o professor dispusesse de várias quadras no colégio e muito material disponível, como redes, bolas, antenas, etc., o esporte seguindo as regras oficiais seria inviável, porque o educador acabaria perdendo o controle das atividades que seus alunos estariam executando. O ideal é a utilização de jogos pré-desportivos, adaptados à participação de todos os alunos. Exemplificando: se o professor vai trabalhar o conteúdo voleibol,
ele não pode realizar o esporte com todas as suas regras, porque, além de os alunos não estarem preparados para realizar determinados movimentos que podem ocasionar lesões, se ele fizer tal atividade, apenas doze alunos praticarão de cada vez, e o restante da turma ficará sem fazer nada, apenas aguardando a sua vez de jogar. Ora, o tempo de duração de uma aula varia entre 40 e 50 minutos e, se os alunos ficarem esperando
para jogar, eles não estarão tendo uma aula na sua totalidade e sim apenas uma fração do tempo adequado destinado à Educação Física. Além disso, pesquisas comprovam que, quando o professor adota tal postura, a tendência é que aqueles alunos que já têm certa habilidade acabem participando mais que aqueles que encontram dificuldades no aprendizado na modalidade. Portanto, o professor acaba reforçando a exclusão, desprivilegiando exatamente aqueles que precisam de mais ajuda, pois a tendência é que aqueles que já têm certa aptidão física melhorem
ainda mais e que os alunos com dificuldades mantenham o baixo nível de aprendizagem motora. Em longo prazo, a situação piora mais ainda: os alunos excluídos começam a se sentir discriminados, já que a aula de Educação Física serve apenas para expô-los à ridicularização feita pelos colegas esportistas. Logo, esses alunos acabarão pegando ojeriza de qualquer tipo de atividade física e, conseqüentemente, vão se tornar sedentários. 
A opção metodológica mais utilizada no ensino dos esportes
nas aulas de Educação Física é o jogo recreativo. Este consiste em atividades adaptadas com as seguintes características: elas devem ser envolventes, motivadoras, inclusivas e, principalmente, ter regras com a finalidade de incentivar a participação de todos os alunos. Um bom exemplo se chama "grande futebol": a turma toda é dividida em duas equipes e inicia-se o jogo de futebol. A tendência é que alguns meninos mais habilidosos acabem prevalecendo. O professor deve, então, parar o jogo e incluir algumas regras novas (os alunos podem participar desse processo de construção): uma boa solução seria
limitar o número de toques que cada pessoa poderia dar na bola seguidamente - dois ou três no máximo. Também poderia ser solicitado que somente as meninas - que, nesse jogo, geralmente são excluídas - pudessem marcar os gols. Ou, ainda, que o gol só pudesse ser feito por alguém que ainda não o tivesse feito. 
O ensino do esporte visando ao rendimento chama-se treinamento esportivo, e este ocorre geralmente em "escolinhas", clubes e até nas escolas e colégios, só que existe uma condição essencial para isso:
que a atividade seja realizada fora do horário das aulas de Educação Física (geralmente no contraturno). Nesse caso, o professor pode até ser criterioso, pois o treinamento deve ter grupos mais homogêneos e, por isso, pode haver uma pré-seleção dentro das próprias aulas de Educação Física.
No treinamento esportivo, a técnica de ensino mais utilizada é a chamada progressão de fundamento, que consiste em exercícios
para aperfeiçoar a fundamentação técnica e tática, partindo-se sempre do mais simples para o mais complexo. Feitos esses exercícios, o professor ou técnico deve trabalhar com o esporte na sua totalidade de regras. 
Agora, os dois tipos de ensinamento dos esportes têm alguns pontos em comum: ambos precisam de professores capacitados que saibam as necessidades e os limites dos seus alunos, respeitando-os e favorecendo o processo de ensino-aprendizagem. A prática de esportes pode reduzir consideravelmente os riscos de doenças, além de contribuir
para uma melhor formação do corpo. Para muitos, serve como busca de um corpo perfeito, já outros acreditam que as atividades físicas são as melhores armas para a manutenção de uma vida relativamente saudável. É importante praticar atividade física regular desde a infância, mas o bem-estar do organismo ficou em segundo plano para muitas pessoas que vivem a constante busca de uma aparência ideal.
De acordo com especialistas em medicina; até mesmo nos primeiros anos de vida já existe a necessidade de praticar algum esporte. Ele afirma: “O ato de engatinhar é muito importante na infância, pois ajuda a fortalecer a estrutura óssea e muscular do bebê”.
Ainda que, durante a adolescência e idade adulta, caminhar e nadar continuam sendo as melhores atividades para quem deseja se exercitar de uma forma correta.
Na adolescência, os benefícios da prática de atividades físicas, muitas vezes, são substituídos por lesões, problemas nos ossos e músculos devido à forma muito intensa com que muitos jovens passam a se exercitar. Nessa fase, os adolescentes praticam esportes populares de alto impacto, como futebol, voleibol, basquete e musculação de forma exagerada e inadequada em muitos casos.
O profissionais de educação física afirmam que tem sido muito difícil controlar a vontade dos jovens adolescentes quanto à prática esportiva. Pois eles querem ter resultados rápidos e por isso fazem os exercícios de forma agressiva, ocasionando lesões musculares.
Essa ansiedade também afeta muitas pessoas na idade adulta que buscam, de repente, bons resultados para o corpo através da prática de atividades físicas. Atualmente está se tornando muito comum em consultórios, pacientes que nem alcançaram a terceira idade e já estão apresentando problemas de artrose e outros relacionados ao excesso de atividade física.  A IMPORTANCIA DO ESPORTE NA INFÂNCIA
A infância é um período em que as crianças estão aprendendo a lidar com certas situações e dificuldades apresentadas na vida delas próprias e das pessoas ao seu redor. Por este motivo o esporte é essencial na formação das crianças para que através dele possam aprender a compartilhar, dividir, respeitar entre outros fatores extremamente importantes na vida das crianças. O esporte na infância  além de proporcionar benefícios mentais,  auxilia também o desenvolvimento físico e motor da criança. Médicos costumam dizer que quanto mais cedo a criança se habitua com os esportes, menos propensão ela terá à doenças. 
Importância do esporte na adolescência
A prática desportiva poderá auxiliar não apenas na apresentação e execução técnica do esporte, mas na construção desta convivência na vida das pessoas. Através da realização dos jogos na sala de aula e no recreio, os conflitos existentes no grupo sempre estarão sendo expressos em forma de choro, desabafos entre outras. É neste momento que se fará necessário o trabalho pela busca de soluções e conflitos do grupo, enfim é muito importante que seu filho pratique algum esporte para sua formação. Portanto, o esporte funcionará como um apoio ao adolescente, de maneira que, expressará seus sentimentos através das práticas de seus exercícios. Importância do esporte na terceira idade
A terceira idade é uma fase na qual os idosos necessitam de uma ocupação que os façam felizes para que assim possam viver bem e dispostos. Neste período é muito importante que estes eternos jovens possam contar com a ajuda de seus familiares e amigos para ocuparem seu tempo de forma saudável e feliz. Existem locais que disponibilizam esportes para terceira idade e alguns dos mais indicados são natação, hidroginástica, jogos esportivos entre outras opções que são de extrema importância e fazem diferença na vida das pessoas que já possuem idade avançada (melhor idade). 
O esporte tem grande importância na vida das pessoas não importa qual for a idade, sempre é muito importante e adequado realizar esportes para ter uma vida saudável.  
Todos nos sabemos que para se manter em forma e ter um bom desempenho físico, o esporte é a melhor opção. Seja ele qual for o importante é sempre estar ativo. O esporte não só proporciona um bom rendimento físico como também proporciona momentos de lazer e diversão.
Em Viçosa do Ceará a modalidade predominante entre crianças, adolescentes e adultos é o futebol, por ser a paixão nacional, ele acaba sendo escolhido o favorito.
Meninos de todas as idades são vistos seja em campinho, nas ruas ou nas escolinhas atrás do sonho de ser um grande jogador de futebol.
Não só os jovens, mas como os mais velhos também pensam na saúde e no bem estar, procurando uma atividade física para praticar. Assim surgem os esportes alternativos e momentâneos. O points mais procurados são espaços públicos como o Estádio Municipal João Firmino de Sousa e as Quadras Poliesportivas espalhadas pelo município.