O Nordeste em Festa


Primeiramente, quero parabenizar todas as Federações da Região do Nordeste e seus respectivos clubes que participaram da referida competição pelo empenho e seu êxito que tornaram a Liga de Futebol do Nordeste um verdadeiro sucesso.
A COPA DO NORDESTE nasceu com um bom aporte financeiro, com mídia em TV fechada e aberta, com patrocínios e vaga merecida para um torneio Sul-americano em 2014. Com interação com os estaduais e garantia de 10 edições oficiais.
A volta do NORDESTÃO seguindo um modelo vencedor (Liga dos Campeões da Europa) Foi um evento digno de copa do mundo, com organização de seus grupos e com classificação justa, sem viradas de mesa ou favorecimento por tradição.
O NORDESTE é uma POTÊNCIA em termos de torcida, amor clubístico e principalmente em fidelidade. Isto por que a maioria dos clubes da região vive a margem da elite, se apegando a estaduais deficitários e sem a menor graça. Fato este que propicia a inserção de colonialismo de equipes midiáticas do Brasil
Sem desmerecer os campeonatos estaduais, o futebol do Nordeste estava precisando de uma competição como essa. Com rivalidade estaduais, estádios lotados. Tudo foi importante para ajudar até mesmo os campeonatos estaduais já que as equipes do interior, se reforçaram para buscar o título com mais força, para tentar conquistar uma vaga na Copa do Nordeste do próximo ano.
Amauri Carneiro em entrevista ao
repórter Mardônio Sousa
Serra Verde FM 
A TV ESPORTE INTERATIVO, canal aberto de esportes, adquiriu por 10 anos os direitos de transmissão da Copa do Nordeste possibilitando o  torcedor nordestino a se identificar com os clubes da sua região, tenho certeza que com a continuidade da copa do nordeste as nossas crianças e adolescentes formarão opinião contrária a que predomina hoje, ou seja torcer pelos clubes do sul e do sudeste. Existe hoje paralelamente a COPA DO NORDESTE vários campeonatos estaduais; o torcedor nordestino mostrou a sua força sendo campeão de público nos estádios.
Trazendo para nossa realidade está na hora de repensarmos uma organização melhor dos nossos campeonatos estaduais principalmente no que se refere aos campeonatos de base, hoje por exemplo os campeonatos de base da FEDERAÇÃO CEARENSE DE FUTEBOL- FCF não são disputados em todo o estado ficando restrito apenas para a capital e região metropolitana, seria muito bom que fosse de fato uma competição disputada em todo o estado do Ceará. Na região da Serra da Ibiapaba por exemplo, carente de quase todos os seguimentos sociais, culturais, esportivos e de lazer é necessário uma organização nos seguimentos citados. Os organizadores e investidores da COPA DO NORDESTE deram para nós exemplo que acreditar no diferente é possível.

AMAURI CARNEIRO
Secretário de Desporto e
Lazer de Viçosa do Ceará